My name is Mariana Pires and I’m a professional actress and theatre maker. I was born in Fafe, a small town in the North of Portugal. 

 

My journey into the arts world started in 2007, when I joined the Classical Music Basic Course at José Atalaya Music Academy (Fafe). I had the opportunity to be part of many great musicals such as “Aladdin”, “Mamma Mia”, “Cats” and “Beauty and the Beast”. I’m a versatile guitarist and accomplished singing. 

 

In 2013, I joined a community theatre project “Fafe Cidade das Artes” which developed several education programmes for people of all ages, ethnicities, gender, and disability. In this project I participated in international theatre festivals as a volunteer and performer, took part in several musicals, street and physical theatre performances, often incorporating puppetry and marionettes.

 

In 2015, I started my BA in Theatre – Acting, in ESMAE, Porto. I had the opportunity to work with guest directors: Nuno Cardoso, Paulo Calatré and the street theatre company Radar 360. I spent a semester studying Musical Theatre at the Royal Conservatory of Brussels (KCB) as an Erasmus student. I performed in “Pippin”, a Dutch musical directed by Jeroen Maes.

 

After finishing my BA in Theatre - Acting (ESMAE, Porto), I started my professional traineeship with Tmesis Theatre www.tmesistheatre.com  in Liverpool. I had the chance to develop administrative and marketing skills and worked as a volunteer and assistant in the international festival of physical theatre, Physical Fest.

 

I am an associate performer with Tmesis Theatre, and recently performed the role of ‘Frida Kahlo’ in Wicked Women which toured the northwest of England, directed by Elinor Randle.

 

I’m currently living in Liverpool, working as a freelancer and developing my new solo show about how television reality shows can affect our self-image, behaviour and self-esteem.

About Me

PT

O meu nome é Mariana e sou atriz. Nasci em Fafe, onde iniciei os meus estudos em música clássica na Academia de Música José Atalaya. Tive desde cedo a oportunidade de participar em grandes musicais, como por exemplo: “Aladino”, “Mamma Mia”, “Gelicais Gatos” e “A Bela e o Monstro”.

 

Em 2013, integrei as oficinas de teatro amador do projeto comunitário “Fafe Cidade das Artes”. Participei como atriz e voluntária em inúmeros musicais, festivais internacionais de teatro de rua e clown, e performances de teatro físico que muitas vezes incorporavam bonecos e marionetas. Durante as oficinas de interpretação, contactei com pessoas de todas as idades, etnias, com deficiências motoras e/ou intelectuais.

 

Em 2015, iniciei a minha Licenciatura em Teatro, variante de Interpretação na Esmae, Porto. Tive a oportunidade de trabalhar com diferentes encenadores, como por exemplo: Nuno Cardoso, Paulo Calatré, Inês Vicente e a companhia de teatro de rua Radar 360. Durante o quinto semestre, estudei Teatro Musical no Conservatório Real e Bruxelas Erasmus e participei no musical neerlandês “Pippin” encenado por Jeroen Maes.

 

Depois de terminar a minha licenciatura em 2018, iniciei um estágio profissional ( Eramus + ) com a companhia de teatro físico Tmesis Theatre em Liverpool, durante o qual tive a oportunidade de desenvolver novas competências em administração e marketing. Trabalhei também como assistente oficial do festival internacional de teatro físico Physical Fest e integrei o elenco do espetáculo de rua “Wicked Women”, encenado por Elinor Randle (Tmesis Training Company). Recentemente, fiz parte da tour profissional da versão para espaços interiores desta performance.

Neste momento, estou a viver entre Liverpool e Porto. Trabalho de forma independente e estou a desenvolver o meu novo espetáculo a solo sobre a forma como os programas de entretenimento telivisivo influenciam a auto-estima da audiência, o seu comportamento e a forma como vêem o seu corpo.

Sobre mim